Gestão eficaz do Conhecimento

O Conhecimento cria a possibilidade de mudar tanto para os indivíduos como para as organizações. Nas organizações, permite enxergar oportunidades e aproveitá-las mobilizando todas as forças antes dos concorrentes.

No ambiente complexo em que vivemos, nada é mais valioso para uma organização do que poder colocar o Conhecimento de seus colaboradores em prática, o que, em outras palavras, significa gerar melhores condições para competir e possibilitar que os colaboradores alcancem altos níveis de produtividade, garantindo a todos o acesso às boas práticas, boas ideias e bons resultados nos diversos níveis da organização. É a chave para o sucesso dos negócios e, por consequência, dos indivíduos. O desenvolvimento pessoal é certamente maior para aqueles que absorvem e capitalizam o Conhecimento da organização.

É bom lembrar que o Conhecimento só é útil se puder ser compartilhado e constantemente aprimorado, para estar ao alcance de quem precisar utilizá-lo e ser colocado em prática na hora certa. Embora conceitualmente simples, os mecanismos para capturar, distribuir e capitalizar o Conhecimento exigem, antes de tecnologia e procedimentos, uma profunda transformação na gestão de pessoas e, por que não dizer, na cultura da organização. Apenas “saber muito” sobre alguma coisa não proporciona maior poder de competição para uma organização. É necessária uma gestão eficaz do Conhecimento para fazer diferença.

A gestão eficaz do Conhecimento começa por valorizar a estruturação, a documentação e o compartilhamento de ideias. Devem ser colocadas em prática políticas para premiar e divulgar o que deu certo e documentar o que não deu, evitando novos erros e encurtando o caminho para novas descobertas. Assim, a organização se prepara para antever as mudanças em seu mercado de atuação, de forma que as soluções para os problemas de hoje estejam prontas e em uso, e as ideias para o futuro estejam preparadas para ser implementadas quando forem economicamente viáveis, ou quando o mercado as exigir.

Mas o grande desafio que a maior parte das organizações já enfrenta é a velocidade com que as demandas do mercado se modificam, condenando as soluções brilhantes e valiosas de hoje a ser o lixo de amanhã. É fundamental fazer mais do que capitalizar o conhecimento que seus colaboradores já têm. É preciso observar constantemente os movimentos do mercado, dos concorrentes, e buscar casos de sucesso de organizações com problemas similares, para potencializar as próprias ideias e experimentá-las em soluções únicas e inovadoras, que são a semente de um novo ciclo.

As organizações e os indivíduos que souberem gerir bem esse ciclo de aprimoramento contínuo do Conhecimento estarão mais bem preparados para lidar com as oportunidades e ameaças constantes que as mudanças do mercado trazem todos os dias, criando uma efetiva espiral ascendente de Conhecimento empresarial.

Nota: Este texto foi publicado originalmente na página da ABRH-Nacional do Jornal O Estado de S. Paulo, dentro dos preparativos para 32o CONARH – Congresso Nacional de Gestão de Pessoas em 2006, com o título: “Transformando conhecimento para competir”.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s