A volta do Fantasma

Os neurocientistas continuam tentando explicar tudo e só nos conseguem deixar mais confusos.
Veja por exemplo o caso de Steven Pinker, professor de Harvard e autor dos livros “Como a Mente Funciona” e “Tábula Rasa”, entre outros.
Por diversas vezes, ele cita em seus livrios que a mente é um produto do cérebro,e que nossa consciência é uma “ilusão” de seu trabalho complexo, concluindo que não há separação entre mente e corpo, negando a existência do “Fantasma”.
Em outras oportunidades, nos mesmos livros há conclusões de que a bioquímica e a eletroquímica cerebral não são suficientes para explicar o fuincionamento da mente humana.

Continuamos na mesma, o que não é uma notícia muito ruim. Podemos continuar a divagar sobre a existência do “Fantasma” e em tudo o mais que isso implica.

Para entender melhor, veja o artigo “O Fantasma na Máquina e a Singularidade” (Clique Aqui).

Voltaremos em breve com este assunto.

Enquanto isso, me diga o que você acha, deixando seu comentário.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s